Veículos elétricos - 12/04/2018 | Por:

Kia desenvolve sistema de carregamento sem fio para o Soul EV


Passo importante no futuro dos veículos elétricos, o Centro Técnico Hyundai-Kia America (HATCI) e a empresa de tecnologia Mojo Mobility (Mojo) completaram, após três anos, um projeto para desenvolver um sistema de transferência de energia sem fio de carregamento rápido em uma frota de teste de Kia Soul EV. O projeto, em colaboração com o Escritório de Eficiência Energética e Energia Renovável do Departamento de Energia dos Estados Unidos, abre o caminho para o futuro dos veículos elétricos nos quais as tomadas não serão mais necessárias.

O HATCI e a Mojo, uma empresa de tecnologia sem fio, trabalharam juntas para desenvolver um sistema de carregamento sem fio compacto capaz de transferir mais de 10 kW ao veículo para carregamento rápido, visando uma eficiência de 85%. O projeto instalou o sistema em cinco Soul EV e os testou em aplicações reais para durabilidade, segurança e desempenho.

O sistema funciona por meio de um campo eletromagnético que transfere energia entre duas bobinas: um transmissor no solo e um receptor na parte inferior do veículo. O motorista simplesmente estaciona o carro acima do transmissor para começar o carregamento e, então, a energia é enviada por meio de um acoplamento indutivo para um dispositivo elétrico, que utiliza essa energia para carregar a bateria dos veículos. O sistema é tão eficiente que permitirá até certo desalinhamento entre transmissor e receptor, tornando-o mais simples e conveniente para o uso diário do proprietário.

"Estamos entusiasmados com o sucesso do sistema e sua eficiência", disse William Freels, presidente do HATCI. “Nós nos propusemos a desenvolver o carregamento sem fio que tenha aplicações reais e seja fácil de utilizar. Agora, com esta frota de Soul EV sem fio, podemos enxergar claramente um futuro de veículos elétricos ‘desconectados’”.

Não há plano atual para oferecer o sistema de carregamento sem fio em veículos em produção para venda aos consumidores. Entretanto, o sucesso deste projeto indica que sistemas semelhantes serão possíveis nos futuros veículos elétricos da Kia.