Tintas - 28/06/2019

BASF revela as tendências de Cores Automotivas 2019-20

Coleção traz grande variedade de tons prata e um diverso esquema de cores cromáticas


A BASF acaba de lançar o estudo As Tendências de Cores Automotivas 2019-20, que nesta edição traz como conceito a necessidade de moldar o futuro com uma atitude proativa. Analisando as tendências tecnológicas e mudanças sociais, os designers da divisão de Tintas da BASF traduziram essa demanda em uma coleção de cores para superfícies automotivas inspiradas no futuro.

As tendências globais de cores espelham o compromisso positivo de conectar as inovações digitais com as necessidades humanas. A crescente relevância da digitalização destaca a aceitação do apoio computacional. Uma revisão decisiva da forma como vemos os recursos tem moldado novos cenários de produto e padrões de consumo.

Vários tons e diferentes níveis cromáticos caracterizam uma atitude aberta aos avanços na digitalização. Hoje, o apoio digital é considerado uma parte natural da vida e sua influência continua a crescer. Assim, a coloração da mobilidade futura deve adotar uma aparência mais calorosa e acessível. Cores automotivas atípicas, como off-tones amarelados e sofisticados metais dourados, seguem nessa direção. 

As variedades de metálicos refletem o compromisso do consumidor com a mudança social - As tendências de cores refletem o crescente desejo de promover mudanças essenciais, como observado pelos designers, impactando não apenas os padrões e comportamentos gerais de consumo, mas também os objetivos pessoais. Os jovens raramente ficam em um emprego por toda a sua vida, portanto, as biografias diretas são substituídas por estilos de vida multifacetados – o que hoje chamamos de geração “slash”. Para isso, é preciso ter atitudes flexíveis em relação aos padrões de mobilidade. A atitude da geração slash é dirigida à flexibilidade e criatividade, oferecendo o equilíbrio certo entre trabalho e lazer. Essa interação é captada por uma série de cores metálicas e sólidas, que vão de tons claros a escuros.

Além disso, diversas iniciativas lideradas por consumidores e pela indústria promovem uma profunda revisão dos ciclos da vida material. “Os designers da divisão de Tintas da BASF transformam esses impulsos em conceitos inovadores de cor, que combinam estética e soluções sustentáveis”, afirma Marcos Fernandes, diretor da divisão de Tintas Automotivas da BASF para a América do Sul. “O estudo traz um recorte para a nossa região, que reúne alguns dos mais importantes fabricantes de veículos globais”.