Cinema - 29/11/2019

A história dos pneus por trás do filme Ford vs Ferrari

Filme conta a batalha épica travada entre as montadoras pela vitória nas 24 horas de Le Mans em 1966, na qual as pneumáticas tiveram participação decisiva


Os premiados atores Matt Damon e Christian Bale estrelam "Ford Vs Ferrari", a incrível história real do visionário designer automotivo americano Carroll Shelby (Damon) e do destemido piloto britânico Ken Miles (Bale). Juntos, eles lutaram contra o domínio corporativo, as leis da física e seus próprios demônios pessoais para construir um carro de corrida revolucionário para a Ford Motor Company, assumir o controle das pistas e derrotar os carros dominantes de Enzo Ferrari, nas 24 Horas de Le Mans, na França em 1966. Um dos elementos-chave da corrida foi o papel central dos pneus Goodyear, que levaram Bruce McLaren e Chris Amon à vitória com seu famoso GT40 Mark II preto.

"A vitória de McLaren e Amon selou a vitória no pódio da Goodyear e foi nosso segundo triunfo direto em Le Mans", explica Mike Rytokoski, vice-presidente, diretor de marketing da Europa para a Goodyear. “A Goodyear está particularmente orgulhosa por ter desempenhado um papel tão importante neste evento histórico no automobilismo. Temos o prazer de honrar essa herança com uma abrangente campanha de associação com o filme de 66 de Le Mans.

A corrida

As 24 horas de Le Mans em 1966 começaram em condições úmidas e rapidamente se tornou aparente que eles combinavam melhor com os Goodyears do que com os Firestones. Dois dos carros da Shelby American Racing participantes - o nº 1 de Ken Miles/Denny Hulme e o nº 3 de Dan Gurney/Jerry Grant - não estavam tendo problemas com os pneus Goodyear, mas McLaren, correndo com pneus Firestone, estava perdendo desempenho na reta de Mulsanne, a mais de 210 km/h. Quando ele decidiu entregar a Amon, procurou o representante da Firestone e negociou uma mudança para a Goodyear.

No final da corrida, no dia seguinte, os bólidos Ford # 2, # 1 e # 5 sobreviventes - sendo o último o carro Holman & Moody de Ronnie Bucknum e Dick Hutcherson - alinharam-se para o embate final. O empate fabricado entre as duas máquinas Shelby continua sendo debatido até hoje, mas a história registra que McLaren e a Amon ganharam principalmente devido à tática de começar mais para trás e, portanto, percorrer uma distância maior ao mesmo tempo. 

Goodyear Racing

Nos anos seguintes, a Goodyear acumularia um total de 14 vitórias nas 24 Horas de Le Mans e se tornaria uma potência de corrida com 368 vitórias no Grande Prêmio de Fórmula 1 - um recorde que permanece invicto.

Para a temporada 2019-20, a Goodyear retornou às corridas de carros esportivos internacionais no Campeonato Mundial de Resistência da FIA. Em 2020, a empresa voltará a competir em Le Mans na categoria LMP2.

"A história das 24 horas de Le Mans em 1966 captura perfeitamente o espírito de paixão, desempenho e inovação da Goodyear", afirma "Mike Rytokoski, vice-presidente, diretor de marketing da Europa para a Goodyear. "É com esse mesmo espírito que decidimos no início deste ano tornar-se novamente um fornecedor de pneus para o Campeonato Mundial de Resistência da FIA. Estamos ansiosos para estar na grade novamente em Le Mans no próximo ano. ”