Máquinas  31/03/2021 | Por: Redação

Resultados

Receita do setor de máquinas e equipamentos cresce 18%

Resultado de fevereiro também foi positivo na comparação com janeiro: aumento de 6,3%


Dados divulgados pela ABIMAQ - Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos - relativos ao desempenho no mês de fevereiro apontam continuidade da recuperação da atividade no setor. A receita total superou em 6,3% o resultado de janeiro de 2021 e em 18% o do mesmo período de 2020. O resultado anualizado mostrou nova expansão, desta vez da ordem de 9,3%.

O mercado nacional mantém-se como responsável pela melhora no desempenho em alguns dos setores fabricantes de máquinas e equipamentos. Em fevereiro o crescimento da receita interna foi 6,2% na comparação com janeiro passado e de 35,6% em relação a fevereiro de 2020.

As exportações sentiram fortemente a redução do comércio global em razão da pandemia no ano passado. Mesmo tendo crescido sobre o mês de janeiro de 2020, registraram nova queda na comparação interanual (-20,3%), que refletiu em piora no desempenho anual (-12,4%). A queda mais forte em fevereiro anulou a recuperação nos últimos dois meses. Porém, o comércio internacional vem ganhando ritmo junto à expansão da vacinação mundo afora, indicando que o cenário para as exportações de máquinas poderá ser benéfico, principalmente se o câmbio se mantivar desvalorizado.

Quanto às importações, que vinham registrando uma fraca recuperação, voltaram a recuar nos últimos dois meses e mais fortemente durante fevereiro, que registrou queda de 8,9% na comparação com janeiro de 2021 e de 41,8% na comparação interanual. Tudo indica que o real desvalorizado combinado com os elevados custos de fretes tenham pesado na decisão de investir em máquinas estrangeiras.