Reciclagem - 27/09/2018 | Por:

Indústria nacional de pneus ultrapassa meta de destinação do Ibama


Os fabricantes nacionais de pneus, por meio da Reciclanip, entidade que gerencia o processo de logística reversa, coletaram mais de 458 mil toneladas de pneus inservíveis em 2017, o que mostra que a indústria atingiu 101,78% da meta estabelecida pelo Ibama. O número equivale a cerca de 91,6 milhões de pneus para carros de passeio e foram divulgados pelo órgão ambiental no Relatório de Pneumáticos 2018, atendendo a Resolução Conama nº 416/09.

“Mais um ano atingimos a meta ambiental e comemoramos o sucesso da logística reversa da indústria nacional de pneus. Estamos fazendo nossa parte e contribuindo com o meio ambiente, buscando sempre ampliar as destinações possíveis, com objetivo de tornar o pneu um resíduo de valor positivo”, destaca Rafael Martins, gerente da Reciclanip.

A região que mais se destacou foi a Sudeste, que respondeu por 56,83% do total coletado e destinado, seguida pela Região Sul, com 21,17% do volume. Na sequência apareceu Centro-Oeste, Nordeste e Norte, com 9,77%, 9,05% e 3,17%, respectivamente.

Destinação

 

Os pneus inservíveis são coletados e destinados para empresas trituradoras. Depois desse processo, o material é reaproveitado como combustível alternativo nas indústrias de cimento, fabricação de solados de sapatos, borrachas de vedação, dutos pluviais, pisos para quadras poliesportivas, pisos industriais, além de tapetes para automóveis e a produção de asfalto-borracha.

Para saber onde destinar pneus inservíveis, consumidores e empresas podem localizar o ponto de coleta mais próximo no site da Reciclanip (www.reciclanip.org.br). Além disso, é possível saber como prestar serviço de transporte para a entidade, além de conhecer o processo de destinação e ver em quais materiais seu pneu inservível pode se tornar.

A Reciclanip é a maior iniciativa de destinação de pneus inservíveis entre os países da América Latina e conta com 1.053 pontos de coleta em diversos municípios brasileiros.