Tecnologia - 03/01/2020

ZF fecha parceria com a Microsoft e torna-se fornecedora de soluções em mobilidade orientada por software

Colaboração inclui processos avançados para viabilizar rápidos desenvolvimentos e validação de funções conectadas de veículos em escala global


A ZF está definindo o caminho para o desenvolvimento de software rápido e aprimorado. Junto à Microsoft, a ZF pretende levar seus processos, métodos e soluções de engenharia de software à velocidade e qualidade característica das líderes em TI. Transformando-se em uma fornecedora de serviços de mobilidade orientada por software, a ZF pode escalar seus recursos globais mais eficientemente e responder melhor às necessidades em evolução dos clientes. Trabalhando com a Microsoft, a ZF se utiliza dos serviços de nuvem Azure e de ferramentas de desenvolvimento, assim como da experiência da Microsoft em desenvolvimento ágil de softwares. No futuro, a ZF fornecerá soluções em software para o setor automotivo.

“No futuro, o software terá um dos maiores impactos no desenvolvimento de sistemas automotivos e será um dos principais fatores de diferenciação no que se refere à realização de níveis mais altos de funções de direção automatizada. Queremos ajudar a impulsionar o avanço desta tendência. A colaboração com a Microsoft nos capacitará a acelerar a integração e entrega de softwares significativamente. Isto é importante para nossos clientes que apreciam a colaboração ágil e precisam de cadência nas entregas de atualizações de software. Além disso, o software precisará ser desenvolvido enquanto o hardware ainda não está disponível”, explicou o Dr. Dirk Walliser, Head de Pesquisa e Desenvolvimento Corporativo da ZF. A ZF irá então combinar seu enorme know-how como desenvolvedora de sistemas para o setor automotivo, com a vantagem extra de, a partir de agora, desenvolver softwares em velocidades significativamente mais altas.

“Os recursos digitais serão essenciais para empresas automotivas crescerem e se destacarem entre seus concorrentes. O DevOps capacita equipes de desenvolvimento e operações a otimizarem a colaboração entre equipes de automação, teste, monitoramento e entrega contínua, usando métodos ágeis. A Microsoft está fornecendo capacitação em DevOps e compartilhando suas experiências com a ZF para ajudar a torná-la uma fornecedora de serviços de mobilidade orientada por software”, disse Sanjay Ravi, Gerente Geral do Setor Automotivo da Microsoft.

cubiX: Chassis do Futuro a partir de Código

Na CES 2020, a ZF exibirá sua visão de desenvolvimento de softwares com o “cubiX”: Trata-se de um componente de software que reúne informações de sensores de todo o veículo e as prepara para um controle otimizado de sistemas ativos em chassis, direção, freios e propulsão. Seguindo uma abordagem independente de marcas, o cubiX suportará componentes da ZF e também de terceiros. “O cubiX cria funções de chassis em rede graças ao software: ao conectar vários sistemas de veículos como sistemas de direção elétrica, sistema de direção ativa do eixo traseiro, sistema de amortecimento ativo sMOTION, controle da direção e controle integrado dos freios, o cubiX pode otimizar o comportamento do carro a partir de uma fonte central. Isto permite um novo nível de controle do veículo e assim pode aumentar a segurança, por exemplo, em condições desfavoráveis de pista ou em situações de emergência”, disse o Dr. Dirk Walliser. A ZF planeja iniciar projetos com os primeiros clientes em 2020 e oferecerá o cubiX a partir de 2023, tanto como parte de um sistema geral ou como um componente de software individual.

ZF na CES 2020

A ZF apresentará seus abrangentes sistemas para direção automatizada e autônoma na CES. Eles são formados por sensores, energia computacional, software e atuadores. Para carros de passeio, os sistemas de nível 2+ abrem caminho para um meio mais seguro e confortável de transporte privado. As novas soluções em mobilidade como robo-táxis são projetadas para operar com sistemas níveis 4 e 5 da ZF. Além disso, os inovadores sistemas de segurança integrados da ZF estarão à mostra, como o Safe Human Interaction Cockpit (cockpit SHI). Softwares inovadores utilizando inteligência artificial para fornecer novos recursos e ofertas de mobilidade mais avançadas também serão destaque.