Pneus  17/11/2021 | Por: Redação

Pneus

Vendas de pneus crescem 4,3% em outubro

Apesar da alta em relação ao mês anterior, o resultado ficou abaixo do esperado na comparação com o mesmo mês em 2020 e 2019


Após duas quedas consecutivas, as vendas totais de pneus em outubro registraram alta de 4,3% em relação ao mês anterior. Dentre as vendas totais dos segmentos, destacam-se a alta de 11,9% nos pneus de motocicleta, de 4,4% para os pneus de passeio e 4,4% para os pneus de carga. Os dados fazem parte do levantamento setorial divulgado pela ANIP - Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos.

Apesar de positivas, as vendas de outubro de 2021 se mostraram menores do que dos anos anteriores, sendo 12,2% inferiores na comparação com outubro de 2020 e 8,5% menores na comparação com outubro de 2019. Com isso, as vendas totais de pneus em 2021 acumulam queda de 4% em comparação ao cenário pré-pandemia de 2019.

Pneus de Passeio

Na comparação com setembro de 2021, as vendas totais de pneus de passeio apresentaram alta de 4,4%. Na comparação com outubro de 2020, foi registrada uma queda para as vendas totais do segmento de 15,9%, com maior destaque para as vendas para montadoras (-34,3%). Ao observar os números de 2019, nota-se uma baixa de 17,7%, principalmente em decorrência da queda de 48% nas vendas para montadoras. Com isso, o ano de 2021 acumula queda de 11,2% na comparação com o mesmo período de 2019 e alta de 13,9% na comparação com 2020.

Pneus para comerciais leves

Em comparação ao mês anterior, outubro de 2021 apresentou queda de 2,8% nas vendas totais de pneus no segmento de comerciais leves. Tal resultado ocorreu principalmente devido à baixa nas vendas para reposição (-3,1%). Na comparação com os anos anteriores, as vendas totais de outubro de 2021 se mostraram 6,2% menores do que outubro de 2020 e 2,8% maiores do que outubro de 2019. O segmento acumula alta de 32,6% em 2021 na comparação comm o mesmo período de 2020 e alta de 5,9% na comparação com o mesmo período de 2019.

Pneus de carga

Em relação ao mês imediatamente anterior, o total das vendas de pneus de carga registraram alta de 4,4%, em função principalmente da alta de 6,4% nas vendas para reposição. Comparadocom anos anteriores, as vendas totais de outubro de 2021 foram 6,8% menores do que outubro de 2020, em função da queda de 7,9% nas vendas para reposição, e 5,8% maiores do que outubro de 2019, graças à alta de 7,4% nas vendas para reposição. Com isso, o segmento acumula alta de 15,6% na comparação com o mesmo período de 2020 e de 8,6% na comparação com 2019.

Pneus de moto

Em relação a setembro de 2021, as vendas totais de pneus de motocicleta apresentaram alta de 11,9%. Na comparação entre outubro de 2021 e outubro de 2020, houve queda de 11,1%. Na comparação com setembro de 2019, por outro lado, houve alta de 1,2%. Apesar dos resultados, o segmento acumula alta de 4% no ano em comparação com o mesmo período de 2020 e de 0,3% na comparação com 2019.

Déficit

A balança comercial do setor de pneumáticos acumula déficit de US$ 50.851.546 em 2021, sendo um resultado bastante inferior ao do mesmo período de 2020, o qual apresentava superávit de US$ 165.089.091 e de 2019, o qual também apresentava superávit, mas de US$ 128.012.119. Se contabilizado em unidades, o acumulado até o momento em 2021 é de 24.265.809 de déficit frente ao déficit de 7.027.758 em 2020 e de 8.903.105 em 2019.